terça-feira, 20 de outubro de 2009

Blá Blá Blá Moderno.


E se um pouco da essência que há em mim
Habita o segredo que agora mora em ti?
E se então nós dois atados, calados, silêncio e fim
Um sorriso, um abraço, um suspiro, um beijo
Traz de novo você pra mim

Essa coisa de "intenção"
Vem depressa sem querer
nem tão pouco bate a porta
E machuca o coração

Eu me pego inseguro
Louca mania de você
Sussurro versos em oração
Só você vai entender

Já não sei se eu me acho em você
Ou você se acha em mim

Mas duvido que talvez, sei lá, quem sabe
Amor sem fim

Letra & Música de Alexandre Leeh.

4 comentários: